Fale Conosco ->E-mail: redacaotnn@gmail.com ´

FÁTIMA DO SUL corre o risco de novas eleiçõe

 e candidato do PSDB recorre da cassação da candidatura

ROGÉRIO SANCHES / FÁTIMA NEWS

FÁTIMA DO SUL corre o risco de novas eleições e candidato do PSDB recorre da cassação da candidaturaFÁTIMA DO SUL corre o risco de novas eleições e candidato do PSDB recorre da cassação da candidatura

FÁTIMA DO SUL – Um fato inédito na política do município de Fátima do Sul pode acontecer nos próximos dias, o município que sempre foi palco das eleições mais acirradas do Estado de Mato Grosso do Sul, não foi diferente nessa eleição municipal ocorrida no último dia 02 de outubro de 2016.

Fátima do Sul corre o risco de ter novas eleições nos próximos 90 dias, isso se for confirmado pela Juíza Eleitoral do município na questão de um vídeo de compras de votos da candidata do PR (Partido da República), Ilda Machado, onde aparece em vídeo comprando votos.

Na tarde ontem, terça-feira (25), o candidato a reeleição do PSDB – Júnior Vasconcelos, teve sua candidatura cassada pela Juíza da 4ª Zona Eleitoral de Fátima do Sul.

A sentença que determinou a cassação do registro da candidatura do atual prefeito municipal de Fátima do Sul, Júnior Vasconcelos, destaca que o prefeito, então pretenso candidato à reeleição, teria abusado do seu poder político ao realizar a entrega dos contratos relativos às 300 casas financiadas pelo programa social Minha Casa Minha Vida em evento realizado no Centro de Convivência do Idoso no mês de agosto de 2016.

A notícia ganhou repercussão nas redes sociais e alguns jornais locais, onde na matéria a defesa de Júnior Vasconcelos da Coligação “Respeitando Nossa Gente”, informa que a assessoria jurídica já entrou com a defesa junto ao TRE (Tribunal Regional Eleitoral).

A questão é a seguinte, se a candidata do PR, Ilda Machado, ter sua candidatura cassada nos próximos dias, o município de Fátima do Sul poderá ter novas eleições municipais nos próximos 90 dias, acirrando ainda mais os ânimos que hoje já estão muitos exaltados, principalmente nas redes sociais (facebook).

O prefeito Júnior Vasconcelos espera que a justiça também dê punição a candidata do PR, Ilda Machado, pelo fato de em vídeo ser flagrada usando da prática de compra de votos. “Se fui punido por uma situação que os contratos já estavam assinados pela Caixa Econômica Federal, fato que não entendemos que seja tão grave a ponto de haver cassação de pleito eleitoral, espero que seja utilizado também com a outra candidata”, destacou Júnior Vasconcelos.

O recurso será para não ficar inelegível, explica o prefeito ao Fátima News via celular e disse também “Quero sim, disputar a nova eleição que pode acontecer nos próximos 90 dias, o departamento jurídico da nossa coligação já entrou com recurso, vamos aguardar”, frisou o candidato do PSDB.

O QUE PODE ACONTECER

O que pode acontecer no cenário político e nunca visto na história política do município, é que a nova eleição poderá acontecer sem a participação dos dois candidatos que disputaram no último dia 02 de outubro, ou seja, sem o candidato do PSDB – Júnior Vasconcelos e sem a candidata do PR – Ilda Machado, por estarem os dois cassados, ou seja, as duas coligações terão que apresentar novos nomes para a disputa municipal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *