Facebook declara guerra contra notícias ‘caça-cliques’ em sua plataforma

O Facebook anunciou nesta quarta-feira, 17, algumas medidas para combater a desinformação de seus usuários na plataforma. A rede social, a partir de hoje, vai usar um algoritmo para identificar frases e termos usados em manchetes “caça-cliques” e reduzir a sua penetração.

ar mais ou menos como o bloqueio de spams em e-mails. “Percebemos que as pessoas não gostam de publicações com a tendência de reter informações e enganar o leitor. Em vez disso, preferem chamadas precisas”, declara Greg Marra, gerente de produto da empresa.

Como vai funcionar?

A rede social afirma que vai analisar publicações individuais, a página e o domínio, e depois definir se algum título possui propagandas enganosas. Para isso, os critérios de avaliação vão levar em conta se a chamada retém informações, o que configura o chamado “click bait”, ou se exagera nelas, tornando-se sensacionalista.

O Facebook explica que, com suas medidas, os conteúdos verdadeiros aparecerão mais, enquanto as notícias com informações exageradas serão retidas.

As ferramentas começam a ser testadas em diversos idiomas, incluindo o português, o espanhol e o francês.