CUIABÁ – Depois de 11 anos, a Justiça Federal de Mato Grosso condenou a 3 anos de reclusão os pilotos americanos Joseph Lepore e Jan-Paul Paladino pelo acidente do avião da Gol que deixou 154 mortos em 27 de setembro de 2006, em Peixoto de Azevedo (MT). Lepore e Paladino pilotavam o jato Legacy, que colidiu com o Boeing.

Tragédia. Acidente aéreo deixou 154 mortos em 27 de setembro de 2006, em Peixoto de Azevedo, no Estado de Mato Grosso.© Foto: Sebastião Moreira/Estadão Tragédia. Acidente aéreo deixou 154 mortos em 27 de setembro de 2006, em Peixoto de Azevedo, no Estado de Mato Grosso.

+++ Brasil obtém vitória sobre EUA em processo sobre acidente da Gol

Segundo a Justiça Federal, o processo judicial transitou em julgado em 2015 e até agora era debatido o cumprimento da sentença. A decisão já foi informada à Polícia Federal, ao Ministério das Relações Exteriores e à Interpol. A sentença é do juiz federal André Périco Ramires dos Santos. A prisão, segundo o despacho do magistrado, deve ser imediata.

+++ Gol pagará R$ 4 mi por acidente que transformou área em ‘casa dos espíritos’ para indígenas

Estado não conseguiu contato com os advogados de Lepore e Paladino.

+++ ‘Só uma família agradeceu’, diz militar que resgatou vítimas