Neymar admite chateação com vaias da torcida do PSG

Neymar admite chateação com vaias da torcida do PSG

Jogador comentou o fato neste sábado, após a partida contra o Montpellier

Neymar admite chateação com vaias da torcida do PSG
Notícias ao Minuto Brasil

POR NOTÍCIAS AO MINUTO

ESPORTE ENTREVISTA

Após mais de dois meses sem dar entrevistas na França, Neymar voltou a falar. Depois da vitória por 4 a 0 do PSG sobre o Montpellier, neste sábado (27), ele admitiu ter ficado chateado com as vaias recebidas de sua própria torcida no jogo contra o Dijon, quando não deixou Cavani cobrar um pênalti.

“É claro que eu fiquei chateado com as vaias no fim, mas o jogador está ali para isso, para ser vaiado, para ser aplaudido, depende de cada torcedor que vem ao estádio. Estou acostumado tanto com as vaias como com os aplausos. Estou feliz pelo jogo de hoje, pela vitória, que é o mais importante. Acho que fizemos um bom jogo”, disse, segundo o Uol.

+ Aos 22 anos, goleiro de clube paulista morre em acidente de carro

O atacante também revelou que tinha ciência de que, caso cobrasse o pênalti e marcasse, Cavani bateria o recorde para se tornar o maior goleador da história do PSG.

“A gente sabia, é impossível não saber, mas o treinador me definiu como batedor de pênalti e não tem nenhuma polêmica com isso. A gente sabe o que aconteceu no vestiário, e ele decidiu isso, então eu tenho que assumir essa responsabilidade. Claro que a gente torce para o Cavani bater o recorde, como ele bateu hoje, então a gente fica contente com isso. A gente sabia que uma hora ou outra ia chegar o gol dele, tem mais de 30 jogos no ano. E quanto às minhas responsabilidades, eu sei todas elas e não estou aqui para me esconder, eu vim aqui para assumi-las.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *